terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Conta de Resultados

Hoje, cento e dez posts depois, sou o heraldista maduro que esperava ser quando comecei o Blog de Armoria, ainda como Atelier Heráldico. Naquela época eu tinha alguma vaidade de ganhar dinheiro como artista heráldico. Eu acreditava que poderia desenhar brasões e receber por isso.
Saudoso 2013...
Ainda tenho uma nesga de esperança nisso. Não muita, até porque muita coisa mudou na minha vida nos últimos quatro anos. Aprendi muita coisa, conheci muita gente legal e tive acesso a um mundo de informações. Em 2013, eu acreditava em toda sorte de farsantes vendendo títulos. Não conto nos dedos da mão a quantidade de "majestades" que me procuraram oferecendo a honra de ser Rei de Armas da Casa Real daqui e dacolá.
Que pensais que sou, ó nobreza de façaria?
Mas eu tenho o sonho de viver mais profundamente a Heráldica. Quero escrever sobre, quero trabalhar sobre, quero seguir minha carreira acadêmica adiante com isso em mente, ainda que o modus operandi do historiador do século XXI torne isto bem mais difícil. Quero chegar aos oitenta anos como um velho ranzinza, reclamando do descaso com a Heráldica no Brasil, apesar dos esforços que eu terei feito nos últimos sessenta anos, ou seja, os próximos.
Até o meu arminho cresceu !
Mas daqui até 2078 não dá pra dizer ainda. O que dá pra dizer é o que já aconteceu. E o que aconteceu foi: eu amadureci um bocado. Ainda não é tanto quanto eu quero, mas no final, quem está completamente satisfeito? Mas como eu disse lá no comecinho, já sou bem melhor heraldista do que o garoto que começou esse blog, há mil seiscentos e cinquenta e cinco dias atrás. E bem... É hora de evoluir.

E depois dessa Conta de Resultados, cujo nome eu fui emprestar da publicação de encerramento do blog do mestre-blogueiro-heraldista que eu tanto admiro e nunca conheci, Juan José Carrión Rangel, eu dou este Blog de Armoria por encerrado. Se precisarem de mim, eu estarei nos corredores virtuais do Heráldica Brasil.
Nada mais restando a tratar, fica apenas o meu Obrigado. Até outra ocasião!

0 comentários:

Postar um comentário